Crysis 2 uma viagem Nostalgica

A primeira vez que ouvi falar em Crysis foi por 2007 quem já o tinha jogado falavam-se maravilhas dele, mas na altura apenas fiquei apenas com o nome gravado na memória. Um dos meus jogos favoritos que ainda revisito de lés a lés é Farcry no PC, mas em 2011 tive o primeiro contacto com Crysis o primeiro, neste mesmo ano saiu também Crysis 2. Depois de tanta cachada, porque me dou ao trabalho de escrever sobre este fabuloso jogo. Depois de andar literalmente com duas Playstation 3 que teimavam em não deixar instalar jogos, o meu filhou ao ver o DVD original de Crysis 2 que tenho para o PC , lembrou-se de ver jogar este jogo no Pc que hoje em dia já dificilmente suporta este jogo , está precisar de reforma.
Após várias insistências depois mesmo de já termos ambos jogado Crysis 3 no PC, pediu-me para comprar o jogo para a Playstation 3 , e foi o que fiz 14€ e toca a fazer a descarga online. Uma das playstation que estava a tentar recuperar voltou à vida depois da troca da cabeça do laser que decidiu entregar a sua alma ao criador. Primeiro o filhote descarregou para a sua Playstation 3 e posteriormente eu para a minha. O miúdo estava doido! Claro jogar Crysis 2 num écran de 32” HD no seu quarto contra um monitor de 19” em que jogámos no velhinho Pc e com um frame rate constante deixa qualquer um embasbacado. O jogo tem cenários fabulosos e o suspense antes da acção é estupendo.

Para mim foi uma viagem ao passado estes dois dias em que joguei Crysis 2 , não só porque realmente continua a ser um jogo fantástico que além do estilo FPS há uma forte componente de estratégia e abordagem ao inimigo , adoro este tipo de possibilidade num jogo, já Farcry também o permitia curiosamente. Mas a viagem no tempo foi para mais longe no tempo e remonta à 13 anos atrás altura em que pela primeira vez tive contacto com um joystick moderno como era e é o da XBOX primeira versão.
A razão pela qual foi trazida essa memória da XBOX foi a dificuldade em adaptar a jogar num joystick de consola um FPS, também na época jogar Halo foi um desafio em boa parte pela dificuldade descrita anteriormente, é extremamente difícil depois de jogar muitos em anos em teclado e rato jogar num controlador de uma consola de jogos. No caso de Halo fiquei fã do jogo na XBOX com o seu fantástico som em dolby Digital e na a imagem estava a cargo de um televisor de 32” SONY VEGA FD1 (pesava 80kg) era um monstro. Voltando a Crysys 2 após algumas horas a debater-me com o controles da Playstation 3 comecei a tirar prazer de jogar o jogo nesta plataforma da Sony, no entanto o jogo no PC é mais fácil de jogar e é possível ter gráficos ainda mais detalhados.
O bom das consolas é isto! Joga-se quase que de forma imediata após a instalação do jogo, o frame rate é constante e tudo mais simples. Crysis 2 continua a ser o meu preferido e pelos vistos do meu filho , tenho Crysis 3 para o Pc mas sem saber explicar muito bem perdeu um pouco a magia do primeiro e segundo Crysis. Por isso se nunca tiveram oportunidade de Jogar este jogo têm a oportunidade de jogar na plataforma da Sony por um preço simpático de 14€ o PC é uma alternativa se tiverem um à altura dos detalhados gráficos e também é mais barato, é fácil encontrar o jogo numa grande superfície por 9€ ou nas plataformas online. Os videojogos são autênticos portais do tempo, e um jogo quando é bom é bom para sempre, HALO, Farcry e Crysis serão sempre referências que merecem umas visitas de quando em vez. Bom ano de 2017!

crysis

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *